Please select the country

 A Crown Relocations vem ajudando pessoas a se movimentarem pelo mundo por mais de 50 anos e elaborou uma lista com algumas dicas para uma transferência internacional  simples e tranquila:

1. Comece a planejar antecipadamente

Mudar para o exterior é complicado e isso deve ser planejado pelo menos três meses antes de iniciar o processo. Defina o que você precisa fazer antes de se mudar, por exemplo solicitação de visto e o que você deve fazer após a sua chegada, como encontrar um médico.

2. Visite o país

Se você tem família, verifique as opções de moradia e de escolas. Escolher o país certo para uma mudança é vital. Considere as diferenças culturais e climáticas, qualidade de vida que o destino oferece, se há trabalho disponível e se é compatível com a vida familiar. Saúde, economia e estilo de vida também são importantes.

3. Organize seu trabalho no exterior

Trabalhar no exterior costumava se associar muito com funcionários de empresas multinacionais, mas agora não é mais assim. Hoje podemos procurar emprego on-line em outros países, é possível ser entrevistado por videoconferência e assinar contratos de trabalho em formato digital.

Se você tiver um acompanhante, quando lhe for oferecido um emprego, considere se ele/ela poderá acompanhá-lo no novo desafio, se haverá trabalho no destino. Seu novo salário será suficiente para alcançar o estilo de vida que vocês desejam? Considere, por exemplo, em que moeda você será pago e o que acontecerá se você deixar o emprego. Fóruns de expatriados e redes sociais podem ser um bom lugar para encontrar conselhos, mas você também pode olhar para os índices que medem o custo de vida médio em um país. O índice de custo de vida da The Economist Intelligence Unit é uma ferramenta muito útil: www.eiu.com/topic/worldwide-cost-of-living

4. Pedidos de entrada

Vistos e procedimentos de imigração são questões importantes a serem consideradas. Mesmo com o apoio de sua empresa, a aprovação pode ser um processo muito longo, portanto, inclua-o no seu calendário antes transferência. Pesquise o mais rápido possível os requisitos de visto para o país escolhido, além dos exames médicos ou até mesmo se houver restrições para transporte de animais de estimação. Certifique-se de ter o seu passaporte válido antes de iniciar o processo. A escolha do visto certo pode requerer uma consultoria especial. Muitos países têm diferentes vistos: trabalho para residência, trabalho nas férias, trabalho por curto tempo, ou até mesmo estudante. Os requisitos de elegibilidade variam muito de um país para outro e os critérios podem incluir um conjunto de habilidades, aspectos de idade e a situação financeira. Pode ser um processo complexo, portanto, é melhor procurar orientações de especialistas.

5. Proteja suas finanças

Algumas das maiores preocupações das pessoas que se deslocam para o exterior referem-se a questões financeiras, desde a abertura de uma nova conta bancária, pagar os impostos ou até fazer a gestão de planos de pensões. Em muitos casos, gerenciar questões financeiras é menos complicado do que parece, mas mesmo assim é vital fazer muita pesquisa. Você pode procurar informações on-line, mas o ideal é também conversar com um especialista, sobretudo se você estiver realizando o processo sozinho e não tiver um empregador oferecendo assistência em todos os trâmites necessários.

O montante do imposto de renda que você pagará em alguns países, dependerá do país destino e das circunstâncias da transferência. Além disso, outros impostos estaduais e municipais também poderão ser cobrados. Tenha em mente que passar de um regime fiscal para outro pode criar problemas de curto prazo sob a forma de pagamentos duplicados (tanto na origem quanto no destino). Se possível, pague todas as faturas dos cartões de crédito antes de se mudar. Muitas pessoas mantêm patrimônios em seus países “de origem”, mas lembre-se de que isso pode ter implicações fiscais. Você precisará ter dinheiro em sua conta corrente e, muitas vezes, também algumas economias, para provar sua subsistência. Para os aposentados é vital entender o impacto da renda no país de destino, além das taxas de câmbio, que podem ser altas.

6. Facilite sua transferência

Procure maneiras diferentes de fazer a transferência sem problemas. Alguns excelentes “truques de mudança" incluem manter uma fotocópia do seu passaporte e outros documentos de viagem importantes, bem como uma cópia das receitas médicas. As famílias devem colocar alguns brinquedos em suas malas para que as crianças tenham algo para brincar assim que chegarem em sua nova casa. Faça o backup e importe arquivos ou imagens para um pendrive para não perdê-los.

Para mais informações sobre nosso serviços, por favor entre em contato com nosso equipe da Crown Relocations: ssantin@crownww.com 

Free Moving Quote

The First Step on Your
New Adventure

  • Your enquiry is handled by an expert advisor
  • Form only takes one minute to complete
  • Crown operate in over 200 locations worldwide
..everything went like clockwork and times were all on schedule..;